Pages

quarta-feira, dezembro 31

Ano Novo

foto de Klaren Nunes

...
Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

Carlos Drummond de Andrade

terça-feira, dezembro 23

É Natal

foto de João Torres


Outro Natal.
Outra comprida noite
De consoada,
Fria,
Vazia,
Bonita só de ser imaginada.

Que fique dele, ao menos,
Mais um poema breve,
Recitado
Pela neve
Ao cair, ao de leve,
No telhado.

Miguel Torga, Porque Afinal é Natal II



sexta-feira, dezembro 19

Com quem passas o Natal?


foto de Marcus Boechat

(...)
Entre o bacalhau e os silêncios que pairam, a tia Alzira faz sempre a mesma pergunta à Teresinha repetida todos os Natais: "Já arranjaste namorado?"
A Teresa repete a mesma oração do ano passado:
"Tia, não tenho tempo para essas coisas", sem explicar que partilha a renda do apartamento em Lisboa com a Sofia e também a cama.
Em Lisboa à mesma hora, a Sofia repete a mesma resposta à familia que vai engolindo em seco o perú, em mesas que podiam estar juntas se o amor tivesse a medida certa para todos.
(...)

In Com´Out por António Balzeirão

sábado, dezembro 13

Desafio: Em que tom toco eu

A fiel jardineira pergunta, e eu respondo...Humm:

1. Uma foto minha (ou melhor apenas parte dela) :


2. Escolher uma banda/artista : Simone (a minha diva, eu sei amor que estás farta da mulher das rendas)

3. Responder às questões somente com títulos da Banda/Artista escolhido :

1. És homem ou mulher :- Princesa
2. Descreve-te :- Atrevida
3. O que as pessoas pensam de ti :- Alma
4. Como decreves o teu último relacionamento :- Cristal
5. Descreve o estado actual da tua relação :- A Idade do Céu
6. Onde querias estar agora :- Enrosco
7. O que pensas a respeito do amor :- Jura Secreta
8. Como é a tua vida :- Começar de Novo
9. O que pedirias se pudesses ter um só desejo :- Amor e Paixão
10.Escreve uma frase sábia : - Amigo é casa

Quanto aos 4 blogs a nomear, já o foram mais abaixo.

Damages



Bom fim de semana!

quarta-feira, dezembro 10

Desafio : Em Que Tom Tocas Tu?

A foto é pessoal e intransmissivel, dois adereços que me caracterizam no Verão.



Desafio que me foi lançado pela M., Tulipa e Fiel Jardineira


Usar só músicas de um autor/banda para responder às perguntas:

Viajei pelo tempo onde encontrei canções nunca esquecidas e muito actuais da espectacular Elis Regina.

1. És homem ou mulher?- Maria, Maria
2. Descreve-te:- Fascinação
3. O que as pessoas pensam de ti?- Romaria
4. Como decreves o teu último relacionamento?- Lança Perfume
5. Descreve o estado actual da tua relação: - Nos teus lábios
6. Onde querias estar agora?- Como nossos pais
7. O que pensas a respeito do amor:- Me deixas louca
8. Como é a tua vida?- Águas de Março
9. O que pedirias se pudesses ter um só desejo?- Mundo novo, vida nova
10.Escreve uma frase sábia: - Nada será como dantes


E passo este desafio a 4 blogs :


Maria Papoila
2 Tons
Maripoza
Angell

segunda-feira, dezembro 8

Passeios


Travelling Light, de Daniel Blaufulks (BESart)



Agrada-nos passear em Belém. Pela História, pelo rio, pela luz, pelos turistas, porque dali partiram as caravelas, pelos pastéis, enfim, porque é Lisboa.
E foi num desses passeios que descobrimos a BESart, no CCB. Uma colecção de fotografias intitulada "O Presente:Uma Dimensão Infinita", de artistas portugueses e estrangeiros dividida por secções temáticas. Porque a fotografia também é uma forma de arte.
E, depois, nada melhor que dar um salto ao novo Starbucks, mesmo ao lado dos famosos pastéis para saborear um Cheesecake de framboesa.


Versão g

Prazeres de Inverno, pequeno almoço na cama, corpos nus enlaçados peles que sussuram, manhã de chuva lá fora, calor intenso dentro de nós. Gozar o feriado, sentir a cada minuto de prazer de só fazer o que nos apetece sempre contigo a meu lado, passear, ir até Belém beber um Caramel Capuccino, passear no frio do princípio da tarde chuvosa com uma vontade louca de te tocar, de te dar a mão, de podermos assumir publicamente o que nos une.
Um museu à nossa espera, sem grandes expectativas ou ideias feitas, entramos surpreendemo-nos por uma viagem que nos é proporcionada em fotografias, viajamos, eu e tu paixão permanente degustando os prazeres de um dia que foi só nosso!

quarta-feira, dezembro 3

Desafio... livro mais à mão

A Dantins passou-nos um desafio. A ideia é:

1. Agarrar o livro mais próximo.
2. Abrir na página 161.
3. Procurar a 5.ª frase completa.
4. Colocar a frase no blog.
5. Não escolher a melhor frase nem o melhor livro!!! Utilizar mesmo o livro que estiver mais próximo.
6. Passar a 5 pessoas.

No livro mais próximo, "Cartas de Veneza" de Robert Dessaix leio:


"É a respeito do vestíbulo do Inferno, logo passados os portões, e está cheio de «almas tristes em seu choro/ que foram sem infâmia e sem louvor» misturadas ao «molesto coro/ dos anjos que não foram nem revéis/ nem fiéis a Deus, senão ao próprio foro."



Passamos o desafio a :

sábado, novembro 29

Amor

foto de Susana Pires

Quando a minha mão percorre o teu corpo assim tão devagar, assim de uma forma tão sentida o tempo recua e a magia volta, hoje como há tantos anos atrás, o frio dum tempo de Outono, e a Primavera resplandecente a surgir dentro de nós. Encontrámo-nos, naquele subtil momento em que a minha mão tocou a tua pele pela primeira vez e tu me ofereceste os teus lábios onde até hoje eu mergulho em loucura de prazer!

(o minuto certo do dia 29 de Novembro de um certo ano)


quarta-feira, novembro 26

Cena quotidiana


foto de Ricardo Ferreira da Costa


Ontem cheguei ao local onde estaciono habitualmente e diz-me o "moedinhas":
-Olá, não a tenho visto, tem estado doente?
-Não, o meu carro esteve na oficina e tenho trazido outro mas deixei-o na garagem, por causa dos toques.
-Uhmmm andou com o carro do marido?!
Eu ri-me, pensei para mim, da marida, e disse para ele:
- Sim, tenho andado com carro do marido!
E lá fui rua acima a sorrir e a pensar: marido, marida, marido, marida...

terça-feira, novembro 25

Prémios


Da Estrelaminha e do Daegaz recebemos este prémio





e das meninas de Girls in Love recebemos este, além do anterior.


O prémio "Este blog é mágico" não tem regras nem restrições.
Atribui-se e pronto. Magia!

Por isso, este vai para meia dúzia, entre tantos que visitamos:

Estrelaminha

Dantins

Silver

Maria Papoila

Fiel Jardineira

Tulipa

Quanto ao Prémio "Dardos" é uma tarefa árdua contemplar 15 blogs. Numa breve ronda concluímos que já todos foram atingidos, daí não o passarmos a ninguém.

Obrigada a tod@s que nos premiaram.


segunda-feira, novembro 24

"Te quiero"

foto de Graça Loureiro


Sin tu caricia, sin tu voz,
sin tu mirada cálida,
sin tu presencia alrededor
yo no seria nada

Sin el "Te quiero" a media voz
que tú me regalas
sin esas noches de amor
yo no podria vivir

Yo no podria vivir sin ti,
sin ti acariciándome
Yo no podria vivir sin ti,
calmándome la sed

Yo no podria vivir sin ti,
sin ti bésandome la voz,
hablando a media luz,
ardiendo em mi vólcan,
llenándome de amor

Hablando a media luz,
ardiendo em mi vólcan,
llenándome de amor
Sin tu perfume que aspirar,
sin tu sonrisa mágica,
sin tu sabor al despertar
yo no seria nada

Sin los caminos de tu piel
por donde perderme,
sin la locura de tu amor
yo no podria vivir

(a tocar ali ao lado)

sexta-feira, novembro 21

Cabaret




Por vezes é preciso surpreender, a vida dá as suas voltas e se não as trocarmos o dia a dia é sempre o mesmo, entre a casa e o trabalho, uma variante ou outra mas pouco muda, a cada dia que passa sabe bem a rotina que se instala, mas também é muito bom quando ousamos quebrar a rotina e fazer coisas diferentes que nos dêem prazer e que nos levam a outras vivências, a outros sentires e a momentos mágicos de apreciação, entrega e constante surpresa.
Assistir a uma peça de teatro é qualquer coisa de diferente que eu pratico sempre que posso, e sempre que vou quero mais, logo a seguir, a interacção que se verifica entre o que está a acontecer no palco, os actores num vai e vém, as soluções de cena sempre a mudar fascinam-me, neste caso o final é previsível, mas ainda que previsivel é extraordinário.


A ver no Teatro Maria Matos, Cabaret


terça-feira, novembro 18

O regresso da Zanatti


Uma vez por mês, ao domingo às 21h na RTP2, Ana Zanatti reune 3 raparigas e 3 rapazes, entre os 16 e os 22 anos, falam de amor e sedução, sexo, dinheiro, morte, poder, família, violência, conhecimento e vícios. Dez conversas de uma hora a partir de 23 deste mês.

"Nunca na minha vida pensei fazer um talk show, foi a atracção pelo abismo", disse Ana Zanatti em entrevista ao DN Online, que acrescentou ao ser questionada sobre se as preocupações dos mais novos mudaram ao longo do tempo "Continuam a existir preconceitos e eles também os têm....talvez eu seja mais ousada do que alguns deles"

Fonte : DN Online


sexta-feira, novembro 14

Encontro


foto de Pedro Moreira


O sol resplandecia no seu cabelo alourado, uns olhos verdes mais doces do que mel, e um sorriso fácil a que o meu aderiu de imediato.
- Olá, eu sou a Ana, e tu?
- Eu, sou a Maria! – disse-me ela a medo.
Eu juro que o sol brilhou com uma intensidade desmedida, porque, para mim, adolescente numa aldeia onde nunca, até hoje, jamais alguém gostou de alguém do mesmo sexo (que se soubesse), eu, uma adolescente insconsciente, tive a consciência perfeita de que rapaz algum poderia ofuscar o que acabara de sentir.


in Contos da Diferença, Na minha Aldeia

segunda-feira, novembro 10

Hope

A Estrelaminha falou deste filme. Encontrei um dos discursos de Harvey Milk, que merece ser ouvido, um discurso de esperança.






"A liberdade é grande demais para ser enfiada pela soleira de uma porta fechada."
Harvey Bernard Milk

terça-feira, novembro 4

Olhar

foto de ®gonçalves

Final de tarde regresso a casa, hora de ponta, carros parados, ouço a Mega, estou parada no sinal, olho à minha volta, ao meu lado um Clio faz-me olhar outra vez, duas miúdas, algo me chama atenção por puro instinto olho novamente, reparo numa mão que percorre um rosto, uma carícia tão meiga que despertou um grande sorriso em mim abre o sinal o Clio muda de direcção e eu sigo o meu caminho, não sem que um gesto tão simples e tão bonito me tenha feito esquecer todo o cansaço, e chegar a casa mais feliz com a ternura da cena que sem querer presenciei!

O amor de Lorca e Dali




Música : Por una cabeza, de Carlos Gardel

Está a ser rodado o filme "Little Ashes", uma co-produção anglo-espanhola dirigida por Paul Morrison que retrata o amor não consumado de Federico García Lorca e Salvador Dalí. Enquanto Lorca se enamorou perdidamente pelo pintor, este que nunca aceitou a sua homosssexualidade, nem gostava de ser tocado, não podia viver sem ele mantendo uma relação artística e pessoal muito intensa, até se dar o seu afastamento.

"Somos dois espíritos gémeos. Aqui está a prova : sete anos sem nos vermos e é como nos tivéssemos falado diáriamente", disse Dali quando reencontrou Lorca em Barcelona.

quinta-feira, outubro 30

Coroa pensadora



Não se supõe que os reis e rainhas estão acima de certos temas e não emitem opiniões?
Não era ela tida como uma mulher simpática de mente aberta?
Não era suposto apenas passear os netos e a coroa, acenar quando gritam o seu nome?
Sem tradução ficam as palavras de Dona Sofia de Bourbon:

“Puedo comprender, aceptar y respetar que haya personas con otra tendencia sexual, pero ¿que se sientan orgullosos por ser gays? ¿Qué se suban a una carroza y salgan en manifestaciones? Si todos los que no somos gays saliéramos en manifestación… colapsaríamos el tráfico. Si esas personas quieren vivir juntas, vestirse de novios y casarse, pueden estar en su derecho, o no, según las leyes de su país: pero que a eso no lo llamen matrimonio, porque no lo es. Hay muchos nombres posibles: contrato social, contrato de unión”.

Fonte : El País

quarta-feira, outubro 29

Começar de Novo

Ribeira do Porto, 2008


Esta gaivota que vai
seguindo o navio.
Este céu que despreza a morte.
Esta luz, este rio.

Tudo num sonho que apenas
foi desenhado
para eu aprender de novo
a viver a teu lado.

Vento no rosto
e tanto sol nos meus braços
tanto sol que depois te cerca
a travar os teus passos.

Tudo num sonho
que foi assim desenhado
para tu começares de novo
a viver a meu lado.

Dentro de nós, temos nós
de seguir a lição
desta luz que a manhã
nos oferece novamente.

Dentro de nós vai o mundo
tornar-se canção
é preciso que tudo
comece novamente.

Tudo num sonho
que apenas foi desenhado
para eu aprender de novo
a viver a teu lado.

Tudo num sonho
que foi assim desenhado
para tu começares de novo
a viver a meu lado.


David Mourão-Ferreira


Dedico este poema ao Porto e às suas gentes.

terça-feira, outubro 21

Até já



"O mundo é um imenso livro do qual aqueles que nunca saiem de casa lêem apenas uma página."

Agostinho de Hispona

terça-feira, outubro 14

O Beijo


A passear por Belém encontrei este verso de Alexandre O'Neil num banco de jardim.
Deixo-vos o poema completo...


Congresso de gaivotas neste céu
Como uma tampa azul cobrindo o Tejo.
Querela de aves, pios, escarcéu.
Ainda palpitante voa um beijo.

É uma ave estranha: colorida,
Vai batendo como a própria vida,
Um coração vermelho pelo ar.

Donde teria vindo! (Não é meu...)
De algum quarto perdido no desejo?
De algum jovem amor que recebeu
Mandado de captura ou de despejo?

E é a força sem fim de duas bocas,
De duas bocas que se juntam, loucas!
De inveja as gaivotas a gritar...

Alexandre O'Neill

sexta-feira, outubro 10

Porque será?


Sandstone Line, de Richard Long


"Mas, não sei porquê, Portugal parece-me cada vez mais triste. Prestes a morrer. É um passado sem glória."

Diário Português(1941-45), Mircea Eliade

quinta-feira, outubro 9

Noite

foto de Angelo Stramasso


Muito triste seria a noite, se quando me deito não preparasse o meu ombro para nele te aninhares!

segunda-feira, outubro 6

O Porto no seu melhor



E eis que a Sra veio retirar o carro, deixou passar o eléctrico e voltou a estacionar
exactamente no mesmo sítio, em plena faixa de carris.

E se pensam que foi a única, enganam-se!

terça-feira, setembro 16

Almoço


Ainda que todos os dias na minha hora de almoço ande a uma velocidade vertiginosa, só gosto de comer em casa.
Em casa como o que quero e o que mais gosto, como com quem gosto e eu gosto de comer bem, gosto da refeição completa em que não falte a sobremesa.
E assim em pouco mais de meia hora passeio a vista pelo que gosto, deixo que as minhas mãos sintam o que lhes apetece, roubo ou capricho no beijo que nos apetece e regresso de papinho cheio, digerindo pedacinhos de carinho.


segunda-feira, setembro 8

Que tesão!




Todos os dias quando eu chego a casa lá estão elas instaladas bem no meio da nossa sala.
Não me perguntem como ela conseguiu mas o DVD já toca em repetição contínua.

Não resisti a partilhar com tod@s esta pequena intimidade.


sábado, setembro 6

Vindima



Já há muito que não o fazia, é bom sentir o vento que nos afaga o rosto, poder apreciar todo o espaço á nossa volta até ao limite do horizonte, a terra que se desfaz debaixo dos nossos pés, o estalido das folhas secas, passar por entre as cepas e afastar a parra para descobrir a uva, assim foi um dia diferente em que eu te vindimei um beijo.


sexta-feira, agosto 29

A cada 29 ...uma primeira vez



"Passaram muitos dias naqueles minutos, fizeram milhares de quilómetros entre os dois bancos do carocha, mas encontram-se naquele abraço. Naquele terno e malicioso, surdo e inevitável abraço que as jurou à eternidade de um sentir e as conjurou na benção de uma união adivinhada das bocas que se desejam como se temem, do primeiro beijo, do primeiro amor...da primeira vez."

Extraído de "Sempre como n´Areia" - Patricia Cruz

quarta-feira, agosto 27

domingo, agosto 24

Ilusão


"Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos e morremos sozinhos. Somente através do amor e das amizades é que podemos criar ilusão durante um momento, de que não estamos sozinhos."

Orson Welles

quinta-feira, agosto 21

Salto para o infinito



No Ninho de Pássaro, Nelson Évora voou e tendo o céu como limite deu-nos a quarta medalha de ouro em Jogos Olímpicos, depois de Carlos Lopes (1984), Rosa Mota (1988) e Fernanda Ribeiro (1996).

Obrigado, Nelson!

segunda-feira, agosto 18

...


Não sei meu amor, quanta dor eu já senti,
Quanto amor já morreu em meu peito
De tanto gelo
Não sei quantos sorrisos já foram lágrima
Não sei sequer se chegamos alguma vez a sorrir
Mas sei de mim que ainda que assim
Todo o meu ser suspira por ti
Amor que me envolve e absorve,
Só meu amor, junto de ti ser tão feliz!

Sentinela da Madrugada, de Maria André

Vanessa de Prata



Obrigada Vanessa!

quinta-feira, agosto 14

I kissed a girl and I liked it




Esta é a canção sensação nos Estados Unidos, e que está a uma semana de igualar os Beatles, no recorde de permanência na Billboard que é de 7 semanas com "I want to hold your hand".

A ver vamos o que a menina Katy Perry consegue, nesta que é a sua segunda canção polémica depois de "Ur so gay".

quarta-feira, agosto 13

Nusquam [lugar nenhum, utopia]



"N U S Q U A M é um retrato possível do Homem contemporâneo na busca de si próprio e da sua razão de ser no mundo. Uma procura desesperada para sobreviver à pressão da coerção social que nos aprisiona em “bolhas” particulares e nos transforma em indivíduos, resultado de padrões e de normas sociais. A busca de modelos/ideais, que produzem, essencialmente, alienação e ideias ilusórias de liberdade e felicidade, o conflito gerado entre o idealismo de cada um e a respectiva incapacidade de concretização, isola quatro personagens nas suas frustrações, conduzindo-as gradualmente a uma ruptura com a realidade. A ascensão e a projecção nos sonhos, onde todas as utopias são possíveis, irão desenhar-lhes caminhos para a reconciliação ou para a total incompatibilidade com as suas vidas." - Teatro do Mar

Foi assim ontem à noite, na Pala do Pavilhão de Portugal o espectáculo do Teatro do Mar integrado no Festival dos Oceanos.

quinta-feira, agosto 7

Não é correcto



A Nike retirou este anúncio da campanha das novas sapatilhas de basquetebol Hyperdunk depois de várias vozes criticas o considerarem homofóbico. Em comunicado a Nike disse que retirava o anúncio para "sublinhar o nosso compromisso de apoio à diversidade no local de trabalho e no desporto".


Já a semana passada a Mars, retirou o comercial "Speed Walker" para a Snickers, também por conteúdo anti-gay. "Entendemos que o humor é subjectivo e nunca foi nossa intenção ofender ninguém. Consequentemente, retirámos o anúncio de Mr T", referiu um porta-voz da Mars.




segunda-feira, agosto 4

Perdida






A montanha por achar
Há de ter, quando a encontrar,
Um templo aberto na pedra
Da encosta onde nada medra.

O santuário que tiver,
Quando o encontrar, há de ser
Na montanha procurada
E na gruta ali achada.

A verdade, se ela existe,
Ver-se-á que só consiste
Na procura da verdade,
Porque a vida é só metade.

A montanha por achar, Fernando Pessoa

segunda-feira, julho 28

quinta-feira, julho 24

Férias





Invadiu-me a nostalgia do fim de férias, era tão bom todo o dia juntinhas!
Sabe bem voltar a casa, às nossas coisas de sempre, e fazermos o mesmo de sempre para trás ficam dias que vivemos uma vez no ano, este ano fomos longe, fomos mais perto, tivemos companhias espectaculares com quem vivemos dias muito felizes, conhecemos melhor o corpo de quem já conheciamos a alma, e isso trouxe magia a uns dias de relaxe em águas calmas e transparentes onde não queriamos perder um minuto que fosse de partilha!



segunda-feira, julho 21

terça-feira, julho 15

Rudolf Brazda, o último dos "triângulos rosa"



Rudolf Brazda, 95 anos bem dispostos, desfilou no Pride de Berlim. Considerado como o último sobrevivente do Parágrafo 175, que condenava os homossexuais na Alemanha de Hitler. Com 20 anos nessa altura, e a viver com o namorado, foi deportado para Brunchewald em 1941, e sobreviveu ao Holocausto. Em 1945 foi para França com o seu novo namorado com quem viveu mais de 50 anos.
"Depois da guerra, tive uma vida feliz. Já não tinhamos que nos esconder, como antes, quando nos consideravam, anormais. Graças a Deus, hoje somos livres. Não há nada como a democracia", declarou Brazda, pouco antes de começar o desfile.



O triângulo cor-de-rosa é o símbolo da comunidade gay mais antigo, datado do período anterior à Segunda Guerra Mundial. Durante o regime nazi na Alemanha, o Parágrafo 175 da lei germânica proibia a "fornicação" entre homens. No âmbito dessa lei, estima-se que 50 mil pessoas tenham sido presas entre 1937 e 1939 e levadas, depois, para campos de concentração. Naquela época a sentença aplicada era a esterilização, geralmente através da castração. Uma lei alterada em 1969, e totalmente despenalizada, na Alemanha,em 1994.


segunda-feira, julho 14

Pride Berlim 2008

O prometido é devido, aqui fica um pouco do que vimos.

Eram milhares a desfilar e outros tantos a assistir, num Pride que mobiliza toda a capital e traz o colorido do arco-íris às ruas de Berlim.