Pages

domingo, outubro 12

Portugal, Portugal



A Maria Papoila deu o mote para este post.

A letra intemporal de Jorge Palma.

3 comentários:

Maria Papoila disse...

Aproveitaste a deixa.

Extraordinário Palma sempre actual, sempre crítico.

Dantins disse...

Portugal e nós aqui à espera...

a disse...

papoila :)

dantins Dizes bem, e sem fim á vista.