Pages

terça-feira, março 29

Blog em Festa!



5 anos passados
novos caminhos descobertos
tantas amizades
muitos sorrisos
algumas lágrimas
e muito, muito prazer em ter-vos
a vocês
leitores
atentos e participativos

A tod@s o nosso
Muito Obrigad@

segunda-feira, março 21

Ler é Vida

 O livro-árvore, Salvador Dali

"Há pessoas que têm uma biblioteca
como os eunucos um harém." 
Vitor Hugo

Ler é como respirar. É vida. É viajar até onde queremos, é como tocar o infinito e alimenta-nos o espírito. Alguém discursa em folhas de papel paradas em forma de livro à espera que outro as escute, com o aroma do virar de cada página. Desde que me conheço a juntar letras, que nunca parei e a imagem mais antiga na minha caixa das recordações são os jornais que encontrava pela casa e que lia de ponta a ponta, depois viram os livros de quadradinhos e os de capa dura. Ler desenvolve as nossas capacidades de conhecer e pensar, de argumentar e refletir. Ler é descobrir os outros em nós. E é também a nossa descoberta nos outros.

quarta-feira, março 16

Nostalgia



A noite cai lentamente e a nostalgia acaricia a saudade...

No velho baú, um diário de chave perdida, folhas amarelecidas pelo tempo. Um trevo, a primeira rosa, os versos não enviados, as páginas desfolhadas uma a uma, segredos. Os anos passaram, os receios sobreviveram aos temporais. Sonhadora, impulsiva, em comunhão de sentires. Olhos fechados... de corpo cansado, os brancos a marcar as desventuras, as recordações da terra vermelha e da chuva no verão. O som do vinil... passos arrastados... sonhos verdes... pedaços de vida. É preciso adormecer para nascer de novo. Olhar o azul, verde, todas as cores e renascer.

sábado, março 12

Quem se lembra?






Uma novela que pouco vi, uma cena que nunca esqueci, e que me lembro sempre que ouço a música.

sexta-feira, março 4

terça-feira, março 1

Cansaços


É nos teus lábios que eu quero
Renovar forças,
Sempre que como agora o cansaço me invade,
Só pelos teus lábios anseio,
Quando lá fora já há muito escureceu,
e com a pressa do tempo que urge,
(nova jornada já lá vem)
fortuito ou demorado é tempo de descansar em ti!