Pages

segunda-feira, agosto 18

...


Não sei meu amor, quanta dor eu já senti,
Quanto amor já morreu em meu peito
De tanto gelo
Não sei quantos sorrisos já foram lágrima
Não sei sequer se chegamos alguma vez a sorrir
Mas sei de mim que ainda que assim
Todo o meu ser suspira por ti
Amor que me envolve e absorve,
Só meu amor, junto de ti ser tão feliz!

Sentinela da Madrugada, de Maria André

9 comentários:

tulipa disse...

É bom quando nos sentimos feliz ao lado de alguém...
um abraço
tulipa

g disse...

tulipa E a falta desse abraço pode causar tanto frio...

Bjs

sf disse...

Mais uma vez, como vos compreendo... Só é possivel ser-se feliz ao lado de quem amamos...apesar das lágrimas, das dificuldades e por vezes até da distância agonizante que nos separa...Mas basta um sorriso, um toque, um abraço ou um beijo pra que tudo pareça cor de rosa e quente...!

(ausência devido a férias e mt mt trabalho... :-( Mas já estou de volta :-))

Abraço pras duas!

g disse...

sf E só assim a vida faz sentido, mas as dificuldades são diárias e os anos passam, e muito pouco muda, já me vai sendo dificil não pensar primeiro no nosso bem estar.

Um abraço para vocês.

fiel.jardineira disse...

Muito bonito :) bjs

Boo disse...

:/ pois....


...dó me resta dar um beijo de consolo! :)

g disse...

fiel jardineira Obrigada, também acho.

Bjs

boo Obrigada, quem sabe talvez para as próximas gerações seja mais fácil.



Bjs

Anónimo disse...

Achei este poema interessante, mas não encontro nada desta autora.
Onde o posso ver ?
Obrigada desde já.
Inês

a disse...

Inês, O nosso veio daqui :

Sentinela da Madrugada

Espero ter-te ajudado.