Pages

sexta-feira, agosto 29

A cada 29 ...uma primeira vez



"Passaram muitos dias naqueles minutos, fizeram milhares de quilómetros entre os dois bancos do carocha, mas encontram-se naquele abraço. Naquele terno e malicioso, surdo e inevitável abraço que as jurou à eternidade de um sentir e as conjurou na benção de uma união adivinhada das bocas que se desejam como se temem, do primeiro beijo, do primeiro amor...da primeira vez."

Extraído de "Sempre como n´Areia" - Patricia Cruz

9 comentários:

Maria Papoila disse...

Há sempre uma primeira vez, até para um 69...
Ops, desculpa um 29!

BJ

g disse...

papoila Só tu para me provocares uma bela gargalhada!

BFS

ੴTatyLoiraੴ disse...

Oi brigadin pela visita^^
Bjinhus

estrelaminha disse...

boa tarde!
um livro que me está prometido e aguçaste ainda mais a minha curiosidade.
bjs

g disse...

taty De nada:) bjs

estrelaminha Lê-se bem, não posso adiantar mais:)

kris disse...

eu sei o que isso é.....faço muitos quilómetros todos os meses, e consigo experimentar a sensação de parecer ser sempre a primeira vez...é muito bom..aconselho :))

a disse...

kris Que assim continue porque só assim a vida tem sabor.

Bjs

Mar da Lua disse...

g: Fico feliz por saber que o leste e que "se lê bem" ;) Um abraço.
Patricia Cruz

g disse...

mar da lua Foi uma maneira de não revelar o conteúdo, porque eu gostei muito do livro, que já reli.

Um abraço.