Pages

quinta-feira, abril 22

E ao anoitecer

foto de Paulo Franco

e ao anoitecer adquires nome de ilha ou de vulcão
deixas viver sobre a pele uma criança de lume
e na fria lava da noite ensinas ao corpo
a paciência o amor o abandono das palavras
o silêncio
e a difícil arte da melancolia


Al Berto

8 comentários:

Anónimo disse...

Que foto))))))))

Myrela disse...

Essa foto é um espetáculo!!

tulipa disse...

Ao anoitecer tanta coisa pode acontecer...
um abraço
tulipa

via disse...

Al Berto! Excelente escolha!

g disse...

Anónimo, Myrela Também acho!

Tulipa Às vezes assim outras tantos só imaginação!

Abracinho.

via É sempre uma "delicia". Obd.

Vieira Calado disse...

Belo!

Conheci o Al Berto

pouco antes de falecer.


Saudações poéticas.

Pedrasnuas disse...

BELA FOTO...AO ANOITECER TUDO É POSSÍVEL...O AMOR,O ABANDONO...TUDO SE TORNA MAIS INTENSO...ATÉ A DOR.

BJ

g disse...

V.Calado Isso é um verdadeiro privilégio.

Obrigado pela visita.

Pedras Sobretudo essa!

Bj