Pages

quarta-feira, julho 15

Leituras




Sou dona deste meu livro, não é um livro qualquer, é meu, não é um livro aberto. Só me folheia quem eu deixo, é meu direito, sou dona das minhas páginas. Os capítulos sou eu que os escrevo, omito ou exponho as palavras que desejo. Conto histórias, troco letras com quem me lê, encanto ou desencanto. Gosto quem me leiam e gosto de ler as páginas dos outros. De beber cada palavra que os outros escrevem mesmo que julguem que não os entendo e voltar à pagina anterior para juntar aquela letra que os meus sentidos não leram.


8 comentários:

g disse...

Terei eu arte e jeito para te ler!

Boo disse...

Poética a a!!
Gostei das palavras... e das intensões!!

Beijos x2 ;-)

tulipa disse...

Muito interessante esta reflexão...
Mas será que somos mesmos donos das nossas páginas...não haverá alguma que fica aberta sem queremos...

um abraço
tulipa

saudade disse...

Quantas vezes os outros nos lêm nas entrelinhas, e percebem coisas que não queriamos mostras-lhes.
Mas é sempre bom ler as paginas dos outros e que os outros leiam as nossas.
Bjs Saudade

Mlou disse...

Obrigada por te mostrares em cada pagina desta forma excelente. Que todos os que te mostras, mereçam ler-te.

Eu vou estando sempre por perto, ler o que me deixarem.

Beijinhos para as duas,
ML

as velas ardem ate ao fim disse...

O presente é a grande folha onde escrevemos.
José Luís Peixoto

Um bjo

a disse...

g,Engenho não te falta.

;)

Boo, Tem dias.

:))

tulipa, Essas ainda são as mais dificeis.

saudade, E disso se fazem momentos com vida.

Obrigada pela visita.

mlou, É bom saber que temos a tua simpática companhia.

Um abraço

Velas E bem branca!
Gosto muito dele.

Bjs

maripoza disse...

Gostei de te ler :) uma boa reflexão, sem dúvida.

Beijos :)