Pages

terça-feira, novembro 10

Kristallnacht


Se o 9 de Novembro é a data mais fatídica da Alemanha, repetida em 1918, 1923 e 1938, o amanhecer do dia 10 é o mais humilhante. Os ataques que ficaram na História como “ A Noite de Cristal” foram o sinal definitivo de que o regime nazista não conhecia limites em relação à perseguição dos judeus. As SA, de Joseph Goebbles, encenaram um ataque popular ao sairem à rua trajando à civil, destruindo casas, lojas e sinagogas por toda a Alemanha e na recém conquistada Áustria e Checoslováquia. Na noite de 9 e 10 de Novembro de 1938, foram atacadas cerca de oito mil lojas e duas mil sinagogas, mais de cem judeus foram assassinados. Trinta mil judeus são deportados nesta primeira leva.
Kristallnacht, fora “uma bofetada no rosto da Humanidade”, mas o mundo ignorou os sinais e voltou a face. A destruição, humilhação, prisões e mortes daquele dia foram o prenúncio do Holocausto e o primeiro passo rumo à Solução Final para o extermínio dos judeus.

Nota : Os judeus pagaram multas num total de um bilião de marcos pelos prejuízos

3 comentários:

Anónimo disse...

É bom que não se esqueça.

AlmaAzul disse...

Era bom é que não existisse motivo para ser lembrado...

Caramela disse...

É por esse motivo e por todos os 9 de novembro que aqui mencionas, exepção feita ao de 20 anos atrás, que este dia que poderia muito bem ser um feriado nacional, não o é. Porque a data encontra-se associada, por diversas vezes, às piores memórias.