Pages

terça-feira, março 31

Espreitar Susan Sontag


foto de Henri Cartier-Bresson


19 de Novembro de 1959:
O orgasmo concentra. Desejo escrever. A chegada do orgasmo não é a salvação; mais do que isso, é o nascimento do meu ego. Não posso escrever até encontrá-lo. A única escritora que eu poderia ser é uma que se expõe a si mesma…

24 de Dezembro de 1959:
O meu desejo de escrever está relacionado com a minha homossexualidade. Preciso dessa identidade como arma, para enfrentar a arma com a qual a sociedade me ameaça. Não justifica a minha homossexualidade. Mas dar-me-ia – creio – uma licença. Começo a dar-me conta quanto remorso me causa ser lésbica.

14 de Agosto de 1960:
Não devo fazer amor quando estou cansada
Devo sempre saber quando estou cansada.Mas não o sei. Minto a mim mesma. Não conheço os meus próprios sentimentos

16 de Outubro de 1962:
Sentimentalismo. A inércia das emoções. Não são ligeiras, optimistas : sou sentimental. Agarro-me aos meus estados emocionais. Ou são eles que se agarram a mim?


“Reborn: Early Diaries 1947-1964″, Susan Sontag

Mais para ler aqui.

9 comentários:

via disse...

obrigada pela referência, tenho-os em inglês mas esta versão dá para descobrir mais coisas...

estrelaminha disse...

boa tarde!
mais uma excelente partilha.
beijocas

Cris (Mahinder Kaur) disse...

Muito bom! Descobri que, afinal, muito do que escrevo não é tão disparatado assim, ou, se calhar, somos as duas disparatadas...
Beijinhos

g disse...

via Obrigada pela visita.
Pena é que não sejam editados cá.

estrelaminha Olá, não tem de quê :)

Cris Escrever ajuda, quando há tantas coisas que temos que omitir.

Boo disse...

Mas que mudança radical de visual... :)

Não vinha aqui ha algum tempo e o resultado é este, ficar parva a olhar para o blog e por momentos achar que me enganei...e depois ainda fico mais meia hora a ler post's atrasados e cheios de interesse... sou uma desnaturada, é o que é! :)

Beijos

Simone Oliveira disse...

Mas que blog MAIS LINDOOOOOOOO !!!
Amei !!!!!!!!
Me sinto tão bem qdo encontro pessoas como eu pelo mundo todo.... hummmmm tão bommmm....rs...
Bjs meninas, saudades de vcs no letras.
Si

g disse...

Boo É sempre um prazer ter-te por cá. Mato as saudades nas tuas fotos!

Bjs nossos

Si Obrigada, ainda bem que gosta!
Somos muitas... rsrsrs
Já lá fomos!
Bjs nossos

Troca&Tintas disse...

Já agora aproveitamos para dizer que já há novidades sobre o jantar no Porto aqui:
http://astrocatintas.blogspot.com/2009/03/jantar-blogger-porto.html

Temos até ao momento 15 confirmações e ficamos à espera de poder contar também contigo...

Data limite: 24 de Abril!!!

S-Kelly disse...

Susan Sontag, o quanto admiro esta mulher. Publiquei um post no meu blogue, em Fevereiro último, precisamente acerca dos seus diários íntimos editados pelo seu filho.
Foram escritos por Tomas Eloy Martínez, um jornalista argentino. Sei que há uma versão em espanhol, mas nada em português. Se, porventura, souberes onde encontrá-los, agradecia a dica. Obrigada!