Pages

segunda-feira, janeiro 19

O corte da maçã


Ao longo da vida vemos as situações que se nos apresentam, por vezes, da mesma maneira. Ou por acharmos que "é assim que tem de ser" ou por acomodação ou termos sido ensinados "assim" ou porque nunca tentámos encarar de outra forma.

Assim é com o corte da maçã, sempre cortada em quartos de alto a baixo. E nunca cortada ao meio, transversalmente. E que bonita que ela é, quando cortada assim, com uma estrela perfeita de cinco pontas no centro.

E nas nossas relações afectivas com os que nos rodeiam? Quantas vezes, ao primeiro encontro, não simpatizamos com alguém e até a ignoramos? Quantas vezes não ouvimos o outro porque achamos que não tem nada para nos dizer? E se tivessem a chance de mostrar a sua estrela...

Não será tudo uma questão de os ver de maneira diferente?

10 comentários:

t. disse...

Tens toda a razão, eu por vezes faço isso e de certeza que estou a perder imensa coisa :-) BJS

Dantins disse...

Percebo tão bem o que dizes...
Curiosamente a pessoa com quem partilho a vida há 18 anos, quando a conheci, nem nos toleravamos, não davamos sequer a chance de nos conhecermos. E quando isso veio a acontecer, viemos a descobrir que tinhamos tanto em comum que continuamos aqui juntas.
Se não tivessemos cedido hoje não teria a vida que tenho :)

Maria Papoila disse...

Maçã... não fosse ela a tentação.

E às vezes é tão fácil trincá-la!

Boo disse...

Que grande verdade! :)

As pessoas são cada vez menos tolerantes com novos conhecimentos ou alterações de rotina... e na maioria das vezes é apenas insegurança e timidez... :)

Beijos

estrelaminha disse...

bom dia!
concordo em absoluto. já fui mais renitente e tenho tentado alterar a minha postura, o que fez com que tivesse tido surpresas bastante agradáveis.
é um caminho que percorremos, que nem sempre é fácil devido aos valores que nos foram incutidos e à personalidade de cada um(a).
beijos

Cris (Mahinder Kaur) disse...

Verdade, verdade. Por vezes não damos oportunidade ao outro de se mostrar. Ficamos a perder, sem dúvida. Algo para reflectir e mudar.

Beijinhos

kris disse...

e quando essa chance de nos adaptarmos e conhecermos nos é negada?não há maçã que resista

maripoza disse...

:) interessante reflexão...

beijos

Smile disse...

Por vezes fazemos maus juízos de valor ou por iniciativa própria ou por influência de terceiros e esquecemo-nos de olhar bem no olho de pessoa e dialogarmos com ela. E aí vemos que nem tudo que nos aparentava de inicio é na realidade.
Excelente o teu post.
Bjs

Anonyma disse...

Em absoluto, a.
E, no entanto, assim dito parece tão simples...