Pages

sábado, maio 19

Verde


Na sala fria e verde, sete... conta-as repetidamente, são sete as luzes redondas, alinhadas em círculo, o que vê. Na espiral verde correm as imagens de uma vida, os cheiros, os sabores, a terra e o mar. Está ali há tanto tempo, quando a levam de volta...
Tem frio... muito frio, e uma certeza, quer sair dali, sentir o abraço quente, os beijos macios e murmurar no ouvido dela...

AMO-TE

2 comentários:

g disse...

Na noite mais longa, uma só certeza, não há para mim vida sem o teu sorriso!

a disse...

Ainda não é Natal...