Pages

domingo, abril 1

Arrasem a Costa

Cassiano Branco, o arquitecto modernista dos anos 30/40, que construiu o Coliseu do Porto(1941) e o Portugal dos Pequeninos(1949) , para não falar do antigo cinema Éden, em Lisboa, teve em 1930 uma visão profética da Costa da Caparica ao apresentar um projecto de aproveitamento das potencialidades da praia para atrair muitas pessoas.
Este projecto que previa a abertura de um canal artificial entre a falésia e o mar, era uma espécie de eixo que atraia hotéis, esplanadas, escorregas, campos de ténis, enfim, todas as infraestruturas que em 1930 eram impensáveis numa estância balnear.
Pode-se questionar se este projecto seria viável e útil na menorização dos danos do avanço do mar, mas decerto, poderia ser utilizado para um ordenamento territorial já que esta Costa, a que existe, de ordenado não tem nada.
Com estes 30 milhões de euros, que vão gastar a arranjar pontões e repôr areias, a somar aos 8 milhões já gastos, porque não arrasam toda a Caparica erguendo-a do zero, levando-a para lá da Arriba Fóssil, já que é previsível que dentro de 100 anos o mar regressará à sua cota ?

1 comentário:

g disse...

Inspiração de 1 de Abril ?