Pages

segunda-feira, março 26

Uma baleia vê os homens


 
"Sempre tão atarefados, e com longas barbatanas que agitam com frequência. E como são pouco redondos, sem a majestosidade das formas acabadas e suficientes, mas com uma pequena cabeça móvel onde parece concentrar-se toda a sua estranha vida. Chegam deslizando sobre o mar mas não nadam, quase como se fossem pássaros, e infligem a morte com fragilidade e graciosa ferocidade. Permanecem longo tempo em silêncio, mas depois entre eles gritam com fúria repentina, com um amontoado de sons que quase não varia e aos quais falta a perfeição dos nossos sons essenciais: chamamento, amor, pranto de luto." 

A mulher de Porto Pim, Antonio Tabucchi

6 comentários:

C4rlos disse...

where are the "g" that appears in your avatar? I am looking for some information about it but I don't know where in the world it is that letter.

Thanks.

g disse...

Estranho bicho esse!

g disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
g disse...

Hello C4rlos...
This letter come from Barcelona, Gaudi,in´s house "Batlló".

Bye

C4rlos disse...

Thank you a lot "g". I've some time looking for the origin of that letter. I love it.

cegonhagarajau disse...

Não conhecia este livro.
Vou já tratar de o arranjar.
Obrigada pela partilha.
Abraço