Pages

quarta-feira, abril 8

Cornucópia dos Sentidos


de Xero Sama

Existe paixão bastante no vento que gira, ainda que com vento alguém durma nos lençóis vermelhos que a paixão agita, pelo quarto como decoração uma cornucópia, já lá está há muito, da janela, por vezes à noite, observa as estrelas que no céu brilham, aqui e ali queima-lhe o pensamento uma ideia que não consegue afastar, qualquer que seja a janela, ainda que fosse aquário, haveria ideias que nadariam e inundariam-lhe o espírito, queria partir, mas queria ficar, noite em tanto mundo, tanta gente dorme, e ela para ali a pensar!

13 comentários:

orquídea disse...

A pensar morreu a burra!
Mas que há pensamentos difíceis de afastar... lá isso há! :)

beijinhos

g disse...

orquidea, Por vezes é difícil virar costas!

Lol!

Um beijo.

orquídea disse...

lolol touché!

beijinhos.

Anonyma disse...

Clarividência nocturna...
No silêncio da noite encontramos caminhos perdidos...

g disse...

Anonyma Sempre foi um gosto meu, adoro o silêncio da noite e nela perco-me mesmo a pensar...mas nem sempre descubro o caminho!

maripoza disse...

Temos de organizar os pensamentos à noite, para podermos enfrentar os dias :)

beijos

Scorpio Angel disse...

Há qualquer coisa no silencio da noite que efectivamente provoca epifanias com ou sem clarividência. O segredo está em saber diferencia-las. ;)

tulipa disse...

Às vezes caimos em pensamentos que nos vagueiam...
um abraço
tulipa

a disse...

maripoza, E os dias são tão compridos!

;)

Bj.

a disse...

scorpio angel, Há peças difíceis de encaixar. Os puzzles têm peças quase iguais que nos baralham.

a disse...

tulipa, São vagabundos de nós.

Um abraço

fiel.jardineira disse...

Nada como as ideias claras depois do descanso, pela manha com o sol a iluminar-nos e aquecer-nos ;)
Bjs

g disse...

fiel E de manhã é sempre outro dia.

Bjs