Pages

segunda-feira, maio 5

Cinzas


«O silêncio que me rodeia pesa como chumbo. O dia está cheio de sol mas que me importa isso se dentro de mim escorre uma cinza, um escuro espesso, uma treva onde mergulho o pensamento e tudo se turva.

Apetecia-me dar-te a mão e fechar os olhos – e pelos bosques imaginados ir, noite adiante, esquecendo tudo…»

Al Berto

3 comentários:

g disse...

Tenho uma ideia melhor!

Simone Oliveira disse...

Adoro poemas tristes... acho que eles moram dentro de mim, de algum lugar que deve ser triste tb... sei lá... vai entender...rs...

PASSOU... a TPM passou.

Tb concordo com a g, tem idéias melhores... mas tb concordo com a poesia, tão linda !!!!!
Bjs meninas...
Tô precisando atualizar o letras.

a disse...

minha gzinha, E tiveste!


simone, Nem sempre gosto, o estado de espírito comandou o post nesse sentido.

Bjs