Pages

quarta-feira, março 12

Sons de Murano



Nenhuma cidade tem um som como esta, em todas as estações.

Um som único que ecoa pela água, atravessa os canais e se transforma num múrmurio de mercadores de bauta e tabarro.

Um som com a cor do mistério e do cristal. Um som com a cor dos amores ílicitos.


6 comentários:

Boo disse...

Veneza!!
Uma cidade de perdição, mesmo... :)

Special K disse...

Nunca lá fui mas posso todos os dias admirar um belíssimo lustre feito com o famoso cristal colorido da região.
bjks

butterfly disse...

Nenhuma cidade como Veneza foi capaz de me deixar, para sempre, todas as sensações e emoções gravadas a fogo, na minha mente.
Já não me lembro quando lá estive pela última vez mas, deve ter sido HOJE.
:)

Canseiroso disse...

Afinal...uma cidade com todas as condições para não se gostar dela.
Labirintica,entre paredes podres,água suja,barqueiros idiotas e muito calor sobretudo em Agosto.
Safou-se um cantor napolitano ao cair da tarde,quando as gondolas atracavam, que fazia ecoar a sua voz na ponte dos Suspiros, com a praça de S. Marcos ali ao lado.
Fixem-se antes em Florença e verão se não tenho razão...

a disse...

boo, Mesmo!

specialk, Vai que te encantas.

butterfly, Parece não é...

canseiroso, Florença também vale bem a visita, são cidades distintas. Prefiro Veneza.

g disse...

Prédios velhos, água suja e italianos aldrabões, concordo com o Canseiroso.
Florença é mais rosa, bem mais bonita.