Pages

sexta-feira, julho 7

Baptismo de Amor

"Como a vaga desmaia de cansaço,
Como é belo dos astros o clarão!
Lá surge a Lua no azulado espaço...
Porque bates assim, meu coração?...

Voa até ela, voa, pensamento...
Se a minha voz ouvisse quando a chamo,
Se ela pensasse em mim um só momento!...
Devora-me a paixão... oh! como a amo!...

E este amor é mais fundo do que os mares,
Mais alto que montanhas de granito!
É maior do que a Terra, do que os ares,
Nasce em meu peito... acaba no infinito!"

Extraído de "Baptismo de Amor"
Guerra Junqueiro
17 Set 1850 - 07 Jul 1923

Sem comentários: